terça-feira, junho 12, 2007

Vão cortar a pracinha ao meio??!!

Ora que maldade!! Bom, para quem não vive na surreal capital paranaense, um dos bairros mais infestados de playboys na cidade - se não for o mais - chama-se Batel, neste bairro existe uma praça tringular chamada Miguel Couto (foto), mais conhecida como Pracinha do Batel. Sob o argumento de melhorar o fluxo de veículos na região a prefeitura da cidade elaborou um projeto no qual está prevista a divisão ao meio da inocente praça, ligando duas ruas que no atual desenho, encontram-se separadas.


Este foi o motivo para um dos mais inusitados debates que eu já acompanhei na vida. De um lado ficou a turma do "deixa disso", capitaneada por Roberto Requião, por meio de um de seus fantoches, Rafael Xavier Schuartz, funcionário comissionado da Casa Civil do Governo do Paraná, que inclusive quase abraçou uma das árvores do local para impedir o trabalho das máquinas, do outro, a galera do prefeito Beto Richa, que não abre mão de rachar a praça.


Como se vê, a discussão que não passa de assunto administrativo municipal ganhou contornos políticos bem definidos, servindo de campo de batalha para mais um dos muitos embates entre o Governo Estadual e a Prefeitura de Curitiba. Na Assembléia Legislativa do Estado, o líder do governo, deputado pelo PMDB Luiz Romanelli, declarou que a maioria dos moradores e urbanistas se declaram contrários à mudança em razão de, na sua visão, haver outras alternativas para desafogar o tráfego de veículos. Enquanto isso, o deputado do PP, Ney Leprevost, aliado de Beto Richa, afirma que a obra não irá afetar o patrimônio histórico do local.


A imprensa curitibana, como não poderia deixar de ser, entrou no clima de insanidade coletiva e alguns colunistas têm conclamado a população a se rebelar contra a decisão municipal e sair às ruas para impedir que tamanha maldade seja implementada, afinal partir em duas a praça do bairro mais elitizado de qualquer cidade é mais revoltante que saber que na periferia destas mesmas cidades, centenas de pessoas perdem suas vidas diariamente.


A turma que se posiciona contra a abertura até blog já tem. E os aliados do governador, já preparam a cartada final, querem tombar a praça, transformando-a em patrimônio histórico da humanidade (!), acabando definitivamente com a pretensão municipal.


Ora, este, definitivamente, não é um país sério!!! Onde estavam e estão, estes neo-revolucionários que não se manifestam diante do atoleiro de corrupção que afunda o nosso país? É muito longe? Fiquemos por aqui mesmo: onde estão estes senhores dispostos a pegar em armas para defender uma praça irrelevante no contexto geral do município que não protestam contra o trem da alegria formado pelo governador Requião que levou diversas pessoas para um passeio turístico à França e ao Japão, tudo bancado pelo dinheiro público? Sem falar nas diversas denúncias de corrupção dentro da Sanepar (Companhia de saneamento do Estado), supostamente, praticada pela ala requianista. Por que essa turma de indignados não sai às ruas para protestar contra os inúmeros homicídios que todos os dias são cometidos na periferia da cidade? Cadê os protestos contra a falta de saúde, educação, moradia entre outros direitos fundamentais negados à maioria do povo curitibano. A resposta é simples: defender a praça do bairro da elite dominante é mais "importante". Não é mesmo?

11 comentários:

ED disse...

Olá,
Vou usar esse seu texto no meu blog ok? lógico que com as devidas descrições de onde veio.

Anônimo disse...

Fodasse vc e essa praça do cacete

catatau disse...

Vc tem toda razão. Mencionei a pracinha também no Catatau. Mas é aquela velha história, parece que as pessoas se sentem mais ativas quando o assunto é o time de futebol, o tempo, ou a pracinha lá da esquina... enquanto esquecem que o raio de sua ação poderia ser bem maior.

Cássio Augusto disse...

A podre política mesquinha do Paraná... tdo é motivo para os ânimos exautarem-se!!!

rosa disse...

E assim caminha a humanidade, estes dias comecei aler um livro, e a dedicatória do autor era para a humanidade " E á esperança de que a luta contra a estupidez seja finalmente vitoriosa." Mas do jeito em que esta a mentalidade da população esta luta ja esta é perdida. Abraços.

MonikaMDQ disse...

Calarasi? Rumania?

Jolene disse...

I wonder why you would leave a comment on my page when you think that I don't speak a certain language. Even though I don't speak your language, there are still many FREE online translations available. Are you just so bored that you just leave random comments on other people's blogs? Weird....

MonikaMDQ disse...

jolene: I ´m wonder why omar would leave a comment on my page when he think that I or u or anything don't speak HIM language.
I don't speak portuguese and u right there are still many FREE online translations available but omar is so bored with his life that leave random comments on other people's blogs

MonikaMDQ disse...

omar say: rsrs

ñao é rsrs é rss

MonikaMDQ disse...

14.06.07 11:13:04 Brasil xxx.xxx.xxx.xxx Explorer 7.x Windows 2003

14.06.07 16:04:50 Brasil xxx.xxx.xxx.xxx Explorer 7.x Windows 2003


----- Original Message -----
From: Omar
Sent: Thursday, June 14, 2007 11:13 AM
1 coment

DiNHa disse...

O texto não é de minha autoria. O autor é anonimo.