quinta-feira, agosto 02, 2007

O discurso mais sincero de Lula


Lula, é um dos políticos mais "cara-de-pau" que eu já tive oportunidade de acompanhar. Ele não gosta de assumir responsabilidades por fatos que possam manchar, em algum sentido, sua biografia. Para se ter uma noção disso, note que tudo aquilo que durante o seu governo não apresentou melhora significativa, é tratado como problema dos governos anteriores, enquanto aquilo que apresenta bom índice de desenvolvimento, faz com que ele venha com aquele papo tão bem explorado pelo chargista Chico Caruso, do "nunca antes na história deste país".

Há algum tempo atrás escrevi um post no qual abordei a questão da Força Nacional de Segurança e de como a mentira plantada por Lula e seus marqueteiros durante a campanha presidencial foi descoberta. Agora com esta enxurrada de vaias que ele tem recebido a cada escala em suas viagens pelo país, mais uma mentira foi descoberta e, logicamente, mais uma vez não foi graças a ridícula oposição que temos atualmente.

Lula, sempre gostou de conclamar a classe mais baixa da sociedade brasileira para sustentar seu governo, chegando ao cúmulo de durante a campanha de 2006, dividir a sociedade brasileira entre os ricos que estariam ao lado de Geraldo Alckmin e os pobres que estariam ao seu lado. E agora, em sua passagem por Cuiabá, ele, talvez pelo calor do momento, esqueceu deste "detalhe" e soltou esta pérola:


“- Os que estão vaiando são os que mais deveriam estar aplaudindo. Foram os que ganharam muito dinheiro no meu governo. É só ver quanto ganharam os banqueiros, os empresários."


Ao longo deste discurso recheado de mentiras - daqui a pouco eu aponto mais uma - ao menos uma verdade ele disse. Nesta passagem acima ele admitiu algo que todos no Brasil já sabiam: os banqueiros e os grandes empresários, de fato, foram os que mais ganharam dinheiro desde a vitória petista em 2002, é só prestar atenção aos balanços apresentados pelo Bradesco, Itaú, Vale do Rio Doce, entre outras. Ao menos neste ponto ele foi tão sincero que eu até me surpreendi. Desde que assumiu o poder, Lula, por meio de seus infindáveis discursos, vem tentando incutir na cabeça do povo brasileiro que governa pensando sempre na classe menos favorecida, entretanto, tudo não passa de outra grande mentira. Lula governa para os ricos, age pensando nos seus financiadores. Você que está lendo este texto deve saber melhor do que eu, quem são os maiores financiadores das últimas campanhas petistas.


A outra grande mentira dita por ele neste seu fatídico discurso, foi a de que ele lida bem tanto com os aplausos quanto com as vaias. Mentira! Não é de hoje que sabemos que Lula é vaidoso, gosta somente de receber "améns". Seu café-da-manhã diário atende pelo nome de "aplauso". As vaias são como um soco na ponta de seu queixo (quem viu a expressão facial do presidente ao receber as vaias na abertura do Pan, sabe do que estou falando). Lula é capaz de qualquer coisa para ser aplaudido, preste atenção em seus discursos. Ele sempre fala aquilo que seus ouvintes querem escutar, porém, desde a abertura do Pan parece que seu cérebro parou de funcionar, o que acabou por culminar com este malfadado discurso.


Por essas e outras eu não tenho dúvidas de que Lula, certamente, foi a maior mentira já contada ao povo brasileiro desde que a comitiva dirigida por Cabral aportou por essas bandas.

6 comentários:

Marcio Pimenta disse...

Hahahaah boa! Só faço uma correção, pelo que me recordo quem começou a dividir o país foi uma revista de quinta categoria que a classe média adora ler.

Abraços!

Diogo Luz disse...

Com que alegria vi que você não é apenas um mero petista defendendo o seu líder. Pois, você tirou a conclusão errada. O acidente não é uma culpa direta e exclusiva do presidente, se assim ele desejasse era só mandar um míssil. Ele foi omisso, caso o governo tivesse investido mais na pista, ou mesmo tivesse mantido as antigas medidas de segurança, o acidente poderia ter menores proporções, só isso.

Rufus disse...

Diogo está certo.
Mas quem pode culpá-lo de fazer "vista grossa" vez ou outra? Todos fazemos não é mesmo? rs

Lula não é de todo idiota.
A trupe toda que está lá merece os créditos.

Os próximos presidentes sempre farão coisas erradas e terão atitudes imperdoáveis.. Sempre foi e sempre será assim.

Esperamos acontecer as coisas ruins para depois (tentar) corrigí-las.

Eis um hábito babaca do ser humano.

Caco disse...

O povo brasileiro não é bobo e já sacou que vaiar o homem é a maneira de desetabilizá-lo.
É como a criança que abre o berreiro e os pais fazem tudo.
Se ele estava perdido, agora vai ficar mais ainda, e acuado também, com medo da exposição pública. Muito embora as pesquisas de aceitação ainda dão grande aprovação a ele. Esquisito...
Abraço & stay up-to-date.

Dorian disse...

Omar,
Muito bom o post. Lucidez total. Lula foi traido pelas palavras.

Márcio,
Atribuir a uma revista a divisão do país é tentar tapar o sol com a peneira. O que você sugere? Fechar a revista, no melhor estilo Hugo Chávez?

rosa disse...

Olha pena que não aproveitaram aqui em Cuiabá para vaiar o Governador do estado somos esmagados com as taxas de impostos mais caras do país.
Abraços