terça-feira, junho 13, 2006

É hoje o dia torcida brasileira

Copa do Mundo
Chegou o dia! Hoje sem dúvida alguma é, até o momento pelo menos, o dia mais esperado do ano. À partir das 4 da tarde, a guerra do tráfico no Rio de Janeiro dará uma trégua, os integrantes do PCC, se comportarão como verdadeiros coroinhas, as fábricas irão interromper sua produção, o comércio estará de portas fechadas, e se alguém morrer, ou precisar de alguma forma de assistência, terá de esperar até às 6. Ou seja, o Brasil estará fechado. Tudo por que? O motivo é simples! O país inteiro estará unido em torno de um único propósito: torcer pela seleção! Até mesmo quem não costuma acompanhar futebol, em época de Copa do Mundo, se transforma no mais fanático amante deste esporte que, senão me engano, é o único praticado com os pés.
Esse evento realizado pela FIFA, entidade que congrega mais integrantes que a ONU, adquiriu tamanha importância, que consegue até mesmo fazer de nós brasileiros os mais dignos representantes do mais puro patriotismo, isso mesmo, nós que em outras épocas muitas vezes nos envergonhamos de ser brasileiros (aliás, por que será que a palavra indicativa da nacionalidade de quem nasce no Brasil é a única terminada em "eiro", assim como "mensaleiro", "metaleiro", entre outros, mas isso foge ao tema deste post, por isso outra hora eu tento descobrir).
Sabidamente, nenhum outro evento mobiliza tanto a atenção dos brasileiros quanto o futebol, já oficializado como paixão nacional. Mas o por quê disso acontecer, sempre intrigou filósofos de todos os quilates, neste post não pretendo me igualar a qualquer um deles, a idéia aqui é só emitir a minha inútil opinião.
Em primeiro lugar, o futebol é um esporte barato, e como disse a nossa colega blogueira Mary, é muito simples de se compreender - qualquer objeto redondo serve de bola, e qualquer pedra pode ser usada como delimitador das duas traves onde a bola deverá ser arremessada com os pés, cada vez que a bola ultrapassar a linha, é um ponto, por mais bonito ou difícil que seja esse arremesso, o "gol" valerá um ponto.
Outra razão, a meu ver relevante, é que o futebol sempre está ligado à diversão, eu mesmo como bom brasileiro, já estou com o meu gorro do Oséas, em verde e amarelo, minha bandeirinha, e aquela corneta que não pode faltar, pronto para curtir o jogo com a galera, e fazer aquela bagunça. Ocorre que eu creio não ser exceção, certamente no Brasil inteiro, os "patriotas" estão com a mesma idéia na cabeça.
Mas, além destes, outros motivos ainda existem para essa mudança de atitude em época de Copa do Mundo.
O Brasil é um país marginalizado, no qual o resto do mundo não presta muita atenção, somos parecidos com Nhônho do Chaves, grande mas sem muita relevância no contexto mundial, a não ser para mostrar o que de pior pode acontecer numa sociedade, e servir como modelo a não ser seguido. Porém quando a seleção entra em campo, as coisas mudam de figura, e nós passamos a ser os mais importantes do mundo, todos os demais países nos olham, e o melhor, nos temem, e isso infla o nosso ego, deixando-nos orgulhosos por sermos brasileiros.
Por fim, vale salientar que outra situação que poderia aflorar o patriotismo em nosso povo, seria a deflagração de um conflito armado, o povo norte-americano, demonstra sempre muito patriotismo, no entanto uma explicação razoável que podemos encontrar para esse feonômeno está no fato deste país estar sempre envolvido em guerras, desde a conquista da independência, passando pela conquista do oeste, chegando até a mais recente invasão ao Iraque, todavia o Brasil, graças a Deus, nunca possuiu essa veia beligerante.
Por isso eu entendo que o povo brasileiro, é sim patriota, isso mesmo, sem aspas, o problema é que não temos muitos motivos para alardear esse patriotismo. Ora, nosso país é atrasado, sofre com a fome, vemos outros países outrora menos desenvolvidos que o nosso, tais como a China e a Índia crescendo de forma espantosa, enquanto isso, temos um presidente totalmente inepto, deputados, senadores, etc, pouco se importando com a situação em que se encontra a população, além de termos a todo momento mais e mais notícias de escândalos de corrupção. Isto é, a Copa nos oferece um momento único para esquecermos todas essas mazelas, e mostrar para o mundo inteiro nosso orgulho de ser BRASILEIRO.
Portanto, a meu ver estas constatações conjugadas, seriam algumas das possíveis explicações para essa mobilização nacionalista tão intensa verificada a cada 4 anos.

3 comentários:

Caco disse...

Jogaço hem?
Nunca vi uma defesa tão boa.
E o ataque? Tirando o Ronaldinho Gorducho, que beleza.
Jamais me preocupei por estar só 1 a zero.
Dá até medo de tanto favoritismo - lembor-me do que aconteceu na Espanha de 82. Abraço!

Omar disse...

Jogo bom mesmo Marcos, tirando uma defesa q o Dida fez, a Croácia não incomodou! Tb achei q o Ronal"gor"dinho foi muito mal, só q o outro Ronaldinho, apesar de ter aparecido várias vezes no jogo, tb não foi muito bem nas tentativas de fazer alguma coisa. Esse era o jogo mais difícil na primeira fase, agora é só saber d qto o Brasil vai golear os dois próximos adversários. E eu ainda estou apostando no hexa, sem susto.

camilinha_goes disse...

não curti o jogo, esperava muito mais!!!!!