quinta-feira, maio 10, 2007

Gracinha esse Requião

Não é sem motivo que o governador do Paraná, Roberto Requião (foto), é chamado por essas bandas de "Maria a louca". Durante a campanha eleitoral na qual foi eleito governador do Estado, em 1990, ele criou o personagem "Ferreirinha", um suposto matador de aluguel à serviço da família Martinez, no caso que entrou para a história como a maior mentira já contada no horário eleitoral - pois é, se ele ganhou esse "prêmio", imagine o nível da mentira! - agora ele aprontou, não uma, mas duas, das suas.

Primeiro, alardeou aos quatro ventos que iria sortear um "ônibus" aos deputados que comparecessem à sua reunião semanal, transmitida ao vivo pela manhã e reprisada à noite na tv estatal, Paraná Educativa. Para demonstrar a, suposta, seriedade do sorteio, Requião solicitou ao seu secretário-chefe da Casa Civil, Rafael Iatauro, que enviasse diversos convites aos 54 deputados estaduais paranaenses prometendo sortear o tal ônibus, mas o que ninguém sabia, nem mesmo o pobre Iatauro, que no final das contas foi quem assinou todos os convites, é que se tratava de um ônibus de brinquedo!

Além desta piada de péssimo gosto, o "dono" do Palácio Iguaçu soltou outra pérola. Declarou guerra a um ex-aliado. Proibiu a leitura do jornal "O Estado do Paraná" - que apesar de ser considerado um dos principais do Estado, é muito ruinzinho - em todas as repartições públicas submetidas ao sob seu comando. Para quem não sabe, este jornal junto com a Tribuna do Paraná e algumas emissoras de televisão retransmissoras do SBT no Paraná, formam o pequeno império das comunicações de Paulo Pimentel, ex-governador do Estado que até pouco tempo atrás era um dos mais fiéis aliados de Requião. Pimentel, inclusive, foi indicado pelo governador para comandar a Copel, companhia de energia do Estado, mas agora critica o governador sistematicamente.

Muita gente, em especial aqueles que fazem parte da claque requianista, em seus momentos de maior exaltação, bradam que Requião deve ser presidente do país...ah tá! Imagine este senhor comandando o Excecutivo desta nação que já é, no mínimo, estranha. Quantos jornalistas, a exemplo de Pedro Ribeiro, antigo colunista do mesmo jornal "O Estado do Paraná", do então aliado, hoje inimigo, Paulo Pimentel, teriam sua dispensa exigida. Quantas emissoras de televisão teriam sua concessão "não renovada"? Enfim, quanto tempo levaríamos para este sujeito tentar assumir poderes absolutos?

Chegar à presidência do país é algo quase impossível, então é melhor ficarmos na realidade, sendo assim, analisando superficialmente o caráter de Requião, fica claro que a mesma pessoa que demonstrava ser admirador do Pinóquio, Hugo Chávez, agora aparenta gostar também do Ary Toledo, pena que não tenha o mesmo talento para contar piada. Digo isso porque será que alguém, além de sua já conhecida claque, esboçou algum sorriso pela brincadeira do ônibus?

Na realidade a cada ato insano que pratica, Requião prova que seu equilíbrio psicológico está, como diria meu avô, "deveras comprometido". E o que chama a atenção nessa história toda, é que ainda tenha quem o siga, quem aceite suas idéias como se fossem fruto da razão. O que dizer de um Delazari, promotor de justiça, que briga para permanecer no cargo de Secretário de Segurança ou de um Iatauro, que mesmo humilhado em praça pública pela chacota do chefe, ainda se segura como pode num cargo no governo? Certamente, muita coisa que nós, os de fora, nem sonhamos que exista, os segure ali.


Só espero que o povo paranaense se dê conta de tudo que está acontecendo e não chame mais o governador-comediante para outro cargo político, deixando-o livre para buscar outros rumos, como por exemplo, num circo de verdade...

8 comentários:

Fábio disse...

Cada um que aparece... O pior é que tem gente que leva tudo isso numa boa. Vergonhoso.

Abraços

Arthurius Maximus disse...

Recentemente em um dos meus blogs, postei um texto onde eu fazia comparações entre nossos políticos e os políticos de outrs países ao longo da história. E a conclusãoque cheguei (e confimei lendo seu excelente post) é que eu estava certo. Um país é do tamanho de seus políticos. Como a maioria é composta de "figuras" como esta ou de corruptos aproveitadores, somos o que somos...

Marcio Pimenta disse...

Eu gosto do Requião. Mas você que vive sob o governo do qual ele é o condutor atual, deve saber exatamente o que se passa.

Omar disse...

Fabio

Eu tentei comentar no seu blog, mas não achei o lugar dos comentários. Tem como fazer isso lá?

Arthurius

Se vc puder, depois me passa um link deste post, blz?

Marcio

O Requião transformou a tv do Estado em sua porta-voz, oficial usa "sua" emissora p/ atacar seus desafetos. Além disso, qdo começou este segundo mandato, de repente se descobriu de esquerda! Ora q descoberta fantástica, se fosse sincera! Como eu não acredito q ele desconheça o q é ser de esquerda, pq se tem algo q ele não é, é burro, então só pode ser má-fé.
Sem falar em sua mais nova, sempre q um escândalo de corrupção surge, ele traz à baila outro dos tempos do seu antecessor, Jaime Lerner, ou seja, ele sabe muita coisa podre do governo anterior, mas guarda como se fosse uma "carta na manga".
Então como vou aprovar um sujeito como esse?

rosa disse...

Esses absurdos não acontece só no seu estado, e pra ser sinsera em Brasilia só falta armar a lona pro circo, porque no palacio do planalto esta cheio de palhaços e bobos da corte que se divertem as nossas custas, mas como o povo não tem vergonha e nem censo ético, pode contar com essa trupe até que a morte os separe do poder.

Dorian disse...

Omar,
Uma pessoa que é elogiada pelo Jornal Hora do Povo merece, no mínimo, a desconfiança.

DANIEL PEARL disse...

Omar, obrigado pela vista ao blog Desabafo País(Brasil). Também vou linkar seu belo blog. Um forte abraço, Daniel Pearl. Parabéns pelo campeonato conquista pelo Atlético Mineiro.

Marco Carvalho disse...

Olá. Em meu blog eu relato a "educação" de nosso governador ao responder um crítica minha com um sonoro: "Imbecil" é coisa leve para o padrão Requião.. Mas inadmissivel para o cargo de Governador.

Se desejar ver: http://filosofiadevida.marcocarvalho.com/

Abraços