sexta-feira, janeiro 18, 2008

Onde está a graça?



Big Brother Brasil 8; certamente, centenas e mais centenas de blogs já trataram deste tema; uns criticando outros elogiando, eu, pessoalmente, sem querer dar uma de intelectualóide, detesto, mas não vou mentir, já acompanhei esse programa com muito entusiasmo. Foi o de número 3, aquele com a Sabrina. O 1 e o 2, não vi porque não me interessou, quando comecei a assistir o 3, cheguei a pensar que estava errado, pois o programa me pareceu bem interessante, lembro de ter ficado revoltado com a ingenuidade de uma advogada turbinada lá, por isso aguardei o 4 ansiosamente. No entanto, quando quarta edição começou, logo vi que eu estava certo, quanto ao primeiro juízo: BBB é uma porcaria.

Apesar disso, não quero aqui, ser mais um a descer o porrete na Globo ou em quem quer que seja, até porque criticar o Big Brother chega a ser constrangedor de tão clichê, só quero fazer uma pergunta: onde está a graça? Onde está a graça em assistir um bando de gente desconhecida sonhando com a fama, num "acampamento de verão"? Onde está a graça em ver um bando de gente sentado numa varanda fumando, bebendo e falando groselha? Onde está a graça em saber quem quer pegar quem no tal acampamento de verão? Onde está a graça em ver um bando de gente se esforçando para criar um personagem que agrade o público? Onde está a graça em ver a Globo engordando o próprio cofre a cada merchandising e paredão? Enfim, onde está a graça em assistir esse programa?, e o que é pior, pela 8ª vez!

PS. Tenho a leve impressão que se a greve dos roteiristas de Hollywood não acabar bem rápido, o ano de 2008 será recheado de filmes a la Big Brother, já que programas como esse, dispensam esses roteiristas "chatos".

4 comentários:

Maria disse...

Boa pergunta.. talvez prazer de conhecer intimamente a vida alheia, o velho motivador das fofocas hehe.

Mas em relação a pessoas distantes e num ambiente 'artificial', não entendo.

Então talvez pela simples observação dos comportamentos, reações, posturas... como cobaias de um experimento: viver em sociedade.

beijos!

Dorian disse...

A realidade é que assistir uma edição é interessante, mas a partir do seguinte é como assistir a reprise na "sessão da tarde". Enfadonho ao extremo!

Anônimo disse...

Este programa nada mais é que o lançamento de bundas novas no mercado.Apenas isso.É ridículo,inútil,insuportável,aliás como quase tudo na TV.

Caco disse...

Manda para o paredão.
;-)
Abraço & stay well.