quinta-feira, setembro 13, 2007

A lista da vergonha


Desde que eu fiquei sabendo da palhaçada patrocinada pelos nossos digníssimos senadores da República no dia de ontem, ao absolverem o amante da repórter da Globo, uma pergunta povoa minha mente: quem são esses 40 palhaços responsáveis por uma das maiores vergonhas já vistas na história do Brasil?, e mais, quem são os que escondem a cara e não assumem sua posição "pró-roubalheiros"? Como eu já estou no clima das especulações, resolvi tentar elaborar uma lista, com o nome destes tristes personagens.

Obviamente, é impossível termos a certeza de quem votou no quê, porém, é possível ter uma idéia. Acredito que dos 17 representantes do "Demo", 16 votaram pela cassação, Edison Lobão é um dos lacaios de José Sarney. Entre os tucanos, dos 13, 12 queriam cassá-lo, e o 13º, senador João Tenório, deve ter sido um dos que se abstiveram. O único representante do PSol, José Nery, sem dúvida votou contra o presidente do Congresso. Renato Casagrande, do PSB, foi um dos relatores a pedir a cassação de Renan no Conselho de Ética, então não votaria contra seu próprio parecer. Estes votos, eu tenho quase certeza que estão certos, neste caso, teríamos até agora 30, faltam 5. E a partir de agora entramos num terreno pantanoso.

A senadora, Patrícia Saboya, outra representante do PSB, participou da reunião na qual líderes de diversos partidos decidiram sabotar todas as convocações feitas pelo quase cassado, então, a menos que ela seja muito cara de pau (o que também não é nada impossível) deve ter sido voto contra Renan, 31. Jarbas Vasconcelos do PMDB, esteve presente na mesma reunião ao lado de Patrícia Saboya, além de ter se manifestado favorável a cassação, 32. Garibaldi Alves, outro senador pelo PMDB, havia antes da votação, supostamente, declarado seu voto pela cassação, com ele poderemos ter chegado ao 33º voto. Os de número 34 e 35, poderiam ser dos senadores Jeferson Peres que votou pela contra Renan no Conselho de Ética e Osmar Dias, ambos do PDT, neste último caso, o irmão deste, Álvaro Dias senador pelo PSDB, declarou publicamente que Calheiros deveria ser cassado, e os dois na maioria das vezes têm opiniões muito parecidas.

Com isso aqui está a lista dos possíveis salvadores da pele de Renan Calheiros:

Demo

Edison [sic] Lobão;

PCdoB

Inácio Abreu;

PDT

Cristóvam Buarque (votei nele nas últimas eleições);

João Durval;

PMDB

Almeida Lima;

Geraldo Mesquita Junior;

Gerson Camata;

Gilvam Borges;

José Maranhão;

José Sarney;

Leomar Quintanilha;

Mão Santa;

Neuto de Conto;

Paulo Duque;

Renan Calheiros;

Romero Jucá;

Roseana Sarney;

Valdir Raupp;

Valter Pereira;

Wellington Salgado de Oliveira;

PP

Francisco Dorneles;

PR

Expedito Junior;

João Ribeiro;

Magno Malta;

PRB

Marcelo Crivella;

PSB

Antônio Carlos Valadares;

PT

Delcídio Amaral;

Fátima Cleide;

Flávio Arns (paranaense);

Ideli Salvatti;

Paulo Paim;

Serys Slhessarenko;

Sibá Machado;

Tião Viana;

PTB

Epitácio Cafeteira;

Euclydes Mello (esse lembra alguém);

Gim Argello;

João Vicente Claudino;

Mozarildo Cavalcanti;

Sérgio Zambiazi.

Nesta lista, encontram-se os 40 senadores, que devem ter livrado a cara do alagoano.

Aloísio Mercadante do PT, foi o único até agora a assumir sua indecisão, por isso não apareceu na lista. João Tenório do PSDB, como eu disse, deve ter sido outro dos indecisos. Pedro Simon, se não votou pela cassação, deve ter se eximido da responsabilidade, o mesmo valendo para os petistas Augusto Botelho, Eduardo Suplicy e João Pedro, que votaram pela cassação no Conselho de Ética, e no voto secreto, tudo indica que resolveram se alojar, confortavelmente, em cima do muro.

Enfim, quer votando pela não cassação, quer se omitindo, estes são os 46 parlamentares que, sem a menor vergonha na cara, devem - que fique bem claro isso - ter salvado a pele de Renan Calheiros. Lembre-se deles.

12 comentários:

Diogo Mendonça disse...

Cristóvão Buarque? Se realmente o fez, será uma grande decepção.

D. Livreiro disse...

Ai, ai, não se pode elogiar.
Vamos por partes:
1.Vergonha de quê? Só é possível a condenação contra os inimigos? Estranha lógica essa;
2." uma das maiores vergonhas já vistas na história do Brasil". Essa é a opinião da imprensa. Não a opinião pública, por mais que a imprensa se esforce para vender essa idéia como a do povo.
3.Porquê a mídia não denunciou a amante de FHC? Quem custeia a jornalisra e o filho de FHC? Aonde foi parar a isonomia da imprensa?
4."quem são os que escondem a cara e não assumem sua posição "pró-roubalheiros"? Essas são as regras.Muitos que condenam o voto secreto agora, foram contrários às mudanças no regimento;
5.É absurdamente totalitário fazer inferências a respeito do voto secreto no sentido de desqualificar uma decisão pessoal dos senadores;
6.O senado foi escolhido pelo povo e não está lá para votar com "a faca no pescoço" colocada pela mídia. A mídia atualmente está representando as decisões do povo? Claro que não está.

A única razão para a Veja ter levantado a bola para a oposição chutar foi a hipótese de atrapalhar o senado e por consequência impedir os trabalhos que favoreçam a aprovação de medidas vitais ao governo Lula como a CPMF.

Esse é o único motivo pelo qual muitas pessoas foram e são a favor da permanência de Renam Calheiros no senado, independentemente desse ser historicamente um rematado traste da política nacional, não diferente dos falsos moralistas que pedem para que ele seja cassado. Se pudessem pediriam para que também fosse queimado vivo em praça pública. Quem sabe em um ritual para redimir os próprios pecados e o de seus acusadores também.

Dorian disse...

Omar,
Acredito que Jefferson Peres e Pedro Simon tenha votado pela cassação. Também não acredito que o voto de Cristovam Buarque tenha sido diferente.
Independente de quem votou contra ou a favor o responsável pela absolvição de Renan Calheiros foi a bancada do PT. Ou votaram contra a cassação ou se abstiveram.

Cássio Augusto disse...

Bela lista... pena que infelizmente nunca saberemos a verdade!!!

Cássio Augusto disse...

Ah... Renan Calheiros é o nosso Ali Babá... só falta desmascararmos os 40 ladrões!!!

Omar disse...

Diogo

P/ mim tb foi uma grande decepção imaginar que o cara que levou o meu voto para presidente, votou p/ salvar a pele do cara.

D. Livreiro

Tb vou por partes:

Se for feita uma enquete rápida com os seus familiares e amigos, acredito que vc verá como não é só a imprensa que queria a cassação do Renan.
Essa da amante do FHC, vou ser sincero contigo: eu não sabia. Mas isso não muda nada, não é pq o meu vizinho é ladrão que eu posso ser ladrão tb!
Vc tá certo. Muitos dos que condenam o voto secreto agora, foram os mesmos que brigaram por ele antes, mas isso tb não muda o fato de eu ficar curioso em saber quem votou pelo quê.
Desculpe por te induzido vc em erro, mas eu não sou lulista, muito pelo contrário, só não sou idiota como os apóstolos de Reinaldos Azevedos da vida que existem por aí.

Dorian

Como vc deve ter percebido, concordo com vc em relação ao Jeferson Peres e ao PT, já qto ao Pedro Simon, não acredito que ele tenha votado pela cassação, acho que ele se absteve.

Cássio

Creio que agora vc está mais aliviado né? rsrs
Mas sobre o Renan ser o Ali Babá, penso que vc está enganado. Ali Babá, não era o chefe dos 40 ladrões, ele era inimigo dos bandidos, o chefe era outro, que infelizmente, eu não me lembro o nome.
Nessa história o Ali Babá são todos os que não concordam com a postura do Senado.

Arthurius Maximus disse...

O Imbecil do Doenelles ain da teve a cara de pau de ocupar a tribuna e fazer um discurso acalorado dizendo que se houve algum crime, tinha sido "apenas" crime fiscal.
Ora, se quem é o representante popular e responsável pela elaboração das leis pode cometer crime fiscar, eu também quero. Uma vez que "todos são iguais perante a lei"; como diz a constituição.
O Sr. Dornelles, que norreu e esqueceu de deitar, perdeu a grande chance de ficar calado.

Caco disse...

Furacão Omar, é bom fazer listas, é importante divulgar. O grau de incerteza neste momento é aceitável - ninguém é perfeito.
Forte abraço & stay furious.

Diego Moretto disse...

Dae Omar!!
Bom, pelo visto não fui o único a acreditar q poderia ser fazer justiça neste país. Perdi uma taça de vinho do porto - aqui custa 15 conto a taça-, pra um amigo meu numa aposta, me ferrei feio, hehehehe.

Gostei pra caramba de sua lista, provavelmente foram aqueles sim. Eu tbm havia votado no Buarque, uma pena q uma pessoa tão lúcida e inteligente talvez tenha votado tão cegamente. Bom, ainda por cima nosso presidente diz q não houve impunidade... e tbm foi muita babaquice não deixarem o voto aberto. São coisas q afastam cada vez mais a esperança do povo brasileiro nos politicos. O comentario do Mercadante foi de extrema infelicidade... uma pena.

Cara, q semana vc teve heim, hehehe. Mas tudo bem. Boa sorte aí e vê se aparece mais no meu blog pow, gosto pra caramba de seus comentários. Grande abraço!!!

rosa disse...

Omar uma pena neste país que somente meia duzias de pessoas se lembrem desta lista nas proximas eleições. Esta votação deve ter sido recheada de dinheiro, você tb tem rabo preso e eu sei, entre outras sujeiras. Abraços

Omar disse...

Rosa, não espalha. rs

Marcio Pimenta disse...

É, concordo com o Diogo, Cristovam? Não sei não...

Abraços!