segunda-feira, julho 09, 2007

Final da maratona dos mimis

Encerrando - ao menos por hora - esta maratona de mimis, agora vou atender à convocação feita pelo meu amigo blogueiro Catatau, que me pede para listar as minhas 5 leituras "presentes" e "próximas".


Acredito que livros técnicos, voltados para a minha área profissional, não devam ser arrolados aqui, embora sejam estes os mais presentes e próximos; e o problema é que de tudo que eu já li até hoje, 90% é voltado para área jurídica. Isto se deu em razão de eu nunca ter tido muita paciência para ler livros de ficção. Desde muito novo, sempre tive preferência por leituras com as quais eu pudesse estar agregando algum conhecimento, por conta disso, minha esposa (caramba!, ainda não me habituei a esta palavra) costuma dizer que eu sou meio neurótico. Entretanto, talvez até mesmo por não ter um vasto repertório não-jurídico de obras lidas, quase todas me marcaram bastante, o que acaba por tornar esta "tarefa" bem fácil e agradável.


Para se ter uma idéia desta minha má vontade com este tipo de literatura, o primeiro livro deste estilo que li foi um intitulado "Provado pelo Fogo", aos 15 anos, isso porque minha mãe já o lera e quase que me obrigou a ler também. Até entrar na faculdade eu só gostava de ler jornais e revistas, mais especificamente, "A Gazeta Esportiva", "O Estado de S. Paulo" (?) e a "Veja" (??!!!) estes dois últimos por serem as únicas publicações que o meu pai comprava. Agora chega de embromação e passemos à lista que não está em ordem de preferência, e sim em ordem de lembrança:


O Criminalista: Excelente livro de ficção escrito pelo advogado Vinícius Bittencourt, que tem como personagens principais dois advogados criminalistas, como seria de se imaginar; um, mais experiente e descrente, sendo acusado, de matar a própria esposa. O outro, iniciante e idealista crente de que pode mudar o mundo por meio de sua atividade profissional. Leitura agradável que corre fácil;

O Processo: Quem não conhece esta intrigante história de Franz Kafka?, dispensa grandes apresentações;

Dom Casmurro: Obra prima de Machado de Assis, assim como o anterior, qualquer tentativa de apresentar uma sinopse soaria evidente pedantismo;

O Evangelho segundo Jesus Cristo: Livro de José Saramago, difícil de ler, que relata senão a mais, seguramente, uma das mais conhecidas histórias ocidentais: a vida de Jesus Cristo. No entanto, o que chama atenção aqui é que Saramago se dispõe a contar a história do Jesus Cristo, homem e não Deus de uma forma única;

Auto-biografia de Leon Trotsky: Depois de Lênin, Trotsky, certamente, foi o principal nome da Revolução Russa, é uma pena tanto para a Rússia quanto para restante do mundo que fosse um sujeito com enorme capacidade teórica, mas pouco talento prático, o que foi decisivo para sua derrota humilhante para o sanguinário Stálin.


PS. Eu sei que se trata das leituras mais presentes e próximas, o problema é que já se passam alguns anos que não leio livros de ficção dignos de nota.


Vou passar essa para o Diego (segura mais essa, Diego), Rosa e para o Marcos.


Leia também: Código Da Vinci me decepcionou aos poucos

4 comentários:

rosa disse...

Oi, olha a conhecidência acabei de ler o processo, adooorei ( chega a ser atual). Lembra aquele desafio que te falei (politicamente incorreto), você foi desafiado.
Até sexta te respondo o mimi, abraços

Caco disse...

Putz, você mandou esta bola para mim e só agora eu vi... Deixa, que vou driblar e mandar para o próximo também. Andei meio off no mês passado e estou me atualizando. Seu blog anda muito bom...

Concordo com você sobre Casmurro e o Evangelho. Achei ambas obras geniais, radicais cada uma no seu tempo e no seu estilo.

Grande abraço & stay literate.

Caco disse...

Pronto - desafio encarado.
Abraço forte.
Stay challenging.

ccgianotti disse...

ola, vi que vc leu um livro que estou procurando e nao consigo de maneira alguma acha-lo para vender. gostaria de saber se vc pode xeroca-lo para mim ou se sabe onde posso compra-lo ou baixa-lo da net.
o livro é "o criminalista", ficarei imensamente grata se me ajudar.
meu e-mail é ccgianotti@pop.com.br ou ccgianotti@yahoo.com.br

Carol.